As histórias mais humanas são as que se perdem a meio, as que conhecem à partida o seu ponto de chegada mas que nunca dele se acercam, as que se apaixonam pelo erro ao primeiro desvio e escolhem o que não procuravam. Os deuses e os que os acompanham, como sabe Ulisses, sabem da errância mas nunca puderam perder-se.

[Pedro Jordão]

Advertisements