— July 28, 2016

“A autodestruição surge após múltiplas perdas, fragmentos de dias perdidos ao longo dos anos, rupturas, pequenos conflitos que se acumulam hora a hora, a tornar impossível olhar para si próprio. O suicídio é uma estratégia, às vezes uma táctica de sobrevivência quando o gesto falha, tudo se modifica em redor após a tentativa. E quando a mão, certeira, não se engana no número de comprimidos ou no tiro definitivo, a angústia intolerável cessa naquele momento e, quem sabe, uma paz duradoura preenche quem parte. Ou, pelo contrário e talvez mais provável, fica-se na dúvida em viver ou morrer, a cabeça hesita até ao último momento, quer-se partir e continuar cá, às vezes deseja-se morrer e renascer diferente.”

 

(Daniel Sampaio, 2000, em Tudo o que Temos Cá Dentro)

— July 26, 2016
— July 25, 2016
Times are hard for dreamers — July 20, 2016
— July 19, 2016

“Algumas vezes sonho em salvar o mundo. Salvar todos da mão invisível. A que nos marca com um crachá de empregado. A que nos força a trabalhar para eles. A que nos controla todos os dias sem nós sabermos disso. Mas não posso pará-la. Não sou tão especial. Sou um anônimo. Estou sozinho.
[…]
Alguma coisa disso é real? Olhe para isso. Olhe! Um mundo construído em fantasia. Emoções sintéticas em forma de pílulas. Guerra psicológica em forma de propagandas. Produtos químicos que alteram a mente em forma de… comida! Seminários de lavagem cerebral em forma de mídia. Bolhas de controle em forma de redes sociais. De verdade? Quer falar sobre realidade?”

(Elliot, Mr. Robot)

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.